Porque eu gosto de cozinhar



Provavelmente você, que lê um blog de comida já deve saber do filme “Julie & Julia”, que eu assisti antes a convite da Fal (obrigado!). Adorei a história, que fala da paixão de cozinhar.

Sempre estive próximo da cozinha durante a infância, ao provar as comidas de boteco no bar do meu avô português, andando pelas barracas da feira-livre que acontecia na frente de casa, nos almoços de finais de semana na casa da avó e nos jantares diários em casa. Tirando pequenas tarefas, eu nunca cozinhava de fato.

Mas o estalo que me fez gostar de cozinhar (e insistir em aprender!) aconteceu durante os almoços na casa da Zel, onde sempre encontrava um pessoal bacana e a comida era deliciosa. De tanto ir como convidado, passei a chegar mais cedo para ajudar. O ritual todo era gostoso: planejar, preparar, receber, passar boas horas entre amigos.

Por causa dela que hoje eu concordo em muita coisa sobre as regras para receber seus amigos em casa. Tem coisa melhor do que preparar uma receita e esperar a reação dos seus convidados quando dão a primeira garfada? Melhor ainda o sorriso de boca cheia, confirmando que o trabalho que você teve foi bem aproveitado.

Assim como no filme a Julie teve Julia Child como musa inspiradora gastronômica, eu tenho a minha também. Só estou esperando ela escrever o livro de receitas para eu fazer uma a uma.

postado por Weno às 2 comments